terça-feira, 1 de julho de 2008

A era Massa

2002 A ESTREIA NA FORMULA 1


Felipe Massa estreou na formula 1 após ser campeão da Fórmula 3000 Euro-Series e se mostrou um bom piloto mas inexperiente, conseguindo pontuar já na sua segunda corrida, mas o erro o atrapalhou e teve uma temporada apagada no qual marcou apenas 4 pontos contra 7 pontos do já experiente Nick Heidfeld.
Felipe Massa começou a ser crucificando principalmente após o gp da Inglaterra, a onde ele rodou varias vezes e acabo terminando em 9º.

Jean Todt vendo que o seu novo piloto estava ficando com o filme queimado, acabou o chamando para aperfeiçoar sua pilotagem na Ferrari com piloto de testes em 2003.

2003 TESTES E MAIS TESTES NA FERRARI

2003 foi um ano com poucas informações de Felipe Massa, que trabalhou pela primeira vez ao lado de Michael Schumacher e Rubens Barrichello.
No mais ele ajudou a equipe a conseguir mais um título de construtores e de pilotos.

2004 A VOLTA PARA AS PROVAS

Após uma temporada longe dos gps, Massa mais maduro e sabendo o que o futuro iria o aguardar, decidiu se recuperar na temporada de 2002 e mostrar aquele piloto brilhante que foi em outras categorias e consegui marcar 12 pontos e só abandonou em 4 gps, fazendo assim mostrar que a temporada na Ferrari, fez ele evoluir na Formula 1.
Mas, ele também foi superado pelo seu companheiro de equipe, mas agora por Fisichella por 10 pontos de diferença, mas mesmo assim mostrando que o seu foco estava se voltando cada vez mais na formula 1.

2005 O NOVO MASSA



Após a sua melhor temporada na Formula 1, Massa já sabia que tinha quase garantido o seu lugar na Ferrari em 2006, só restava ele cumpri o seu papel na pista e foi isso que ele fez.
Com apenas 2 abandonos e como melhor resultado um 4º lugar, Massa consegui bater o ex-campeão mundial Jacques Villeneuve por apenas 2 pontos, mas garantindo o seu lugar na Ferrari em 2006.
E no gp do Brasil, Felipe Massa teve a honra de liderar pela primeira vez um Gp e foi aplaudido pelo publico brasileiro em Interlagos, e Massa ainda não sabia o que o destino tinha para ele 1 ano depois dessa volta na liderança.

2006, NOVA EQUIPE E NOVOS RESULTADOS

Felipe Massa na sua nova casa, recebeu a grande oportunidade de Jean Todt e fez sua primeira temporada na Ferrari.
Uma temporada em que Massa nunca irá esquecer, além de ter aprendido com Michael Schumacher, fez sua melhor temporada na formula 1, marcando 80 pontos e sendo o 3º no mundial de pilotos, mas antes disso ele mostrou porque foi contratado pela Ferrari para substituir Barrichello.
Massa marcou a sua primeira Pole no GP da Turquia e um dia depois merecidamente ganhou a sua primeira corrida na Formula 1.
Alguns gps depois, Felipe Massa volta para o Brasil a onde liderou em 2005 com a vontade de fazer bonito e fez, Pole Position para Massa e quase batendo o tempo de Pole que era de Barrichello, ele simplesmente voou na ultima volta dele.
Um dia depois, Felipe Massa consegue uma vitória tranqüila e comemora fazendo um gesto em que Senna fazia em suas vitórias, pegando a bandeira do Brasil, aquele mesmo garoto que liderou 1 volta um ano antes, consegue vencer o seu 1º gp do Brasil e foi aplaudido em pé.

2007 SEM SCHUMACHER E A LUTA PELO TÍTULO

Chega 2007, Massa agora com o finlandês Kimi Räikkönen como companheiro de equipe, entra para a disputa do título.
Foi um começo de temporada não muito feliz para ele, mas já na terceira corrida consegue a 1ª vitória do ano e uma corrida depois a sua 2ª vitória do ano, mas, não era o ano dele.
Acabou com varias quebras e uma desclassificação no Canadá tirou as chances dele de lutar pelo título, o que restou no final da temporada? Ajudar Räikkönen.
No gp do Brasil, Felipe Massa consegue sua segunda pole consecutiva no Gp e tem a vitória da corrida bem perto, por causa que Hamilton largava em segundo e com aquela posição, Hamilton levaria o seu primeiro título na sua primeira temporada, ams não foi assim o destino.
Massa largou bem e foi abrindo e já via Räikkönen na segunda colocação, mas, algumas voltas depois, o destino foi cruel do Massa e Hamilton, Massa ia abrindo e acontece o inesperado, Hamilton acaba errando e colocando o título em xeque e a vitória de Massa também.
Após o incidente de Hamilton, os 3 primeiros eram: Massa, Räikkönen e Alonso que estava levando o título naquele momento.
Mas ao segundo pit stop, Massa entrou varias voltas do que era programada por que Räikkönen chegando em primeiro, iria levar o título e isso foi feito.
Inversão de posição no pit e Räikkönen era o novo lider, o que restou a Massa? Segurar Alonso e fazer bonito no Brasil e isso ele fez.
No final da corrida, Räikkönen desbancou Hamilton e Alonso e se sagrou campeão com apenas um ponto de diferença em relação aos dois.
Massa terminou a temporada em 4º com 94 pontos.

2008 A NOVA LUTA PELO TÍTULO E A LIDERANÇA

Massa entra na temporada novamente com chances de levar o caneco para o Brasil.
Mas, o começo foi desesperador, um abandono na Austrália pro causa do motor e o maior erro dele na temporada na Malásia botou Massa em xeque, mais um erro poderia colocar Massa na degola, mas isso não aconteceu.
Massa deu a volta por cima do gp do Bahrain largando na segunda colocação, pulou para primeiro antes mesmo da primeira curva e segurou essa posição ate o final, primeiro 10 pontos para Massa na temporada e ali se iniciou uma nova temporada para ele.
No gp da Espanha, largou em segundo e chegou em segundo, 8+10=18 pontos para Massa.
Próximo gp e adivinhem qual é? Grande Premio da Turquia a onde Massa tinha duas vitórias seguidas, e assim se fez, no sábado marcou a Pole e no domingo ganhou sua 2ª prova no ano e sua 3ª prova na Turquia, se tornando o novo rei de Istambul Park e totalizando 28 pontos.
Próximo gp, Mônaco uma pista em que Massa não gosta mas mesmo assim cravou a pole e por erro da Ferrari chegou em 3º, totalizando Massa já estava com 8+10+6=24 pontos em 3 corridas.
Duas semanas depois, gp do Canadá, uma corrida que Massa foi desclassificado em 2007, e acabou indo mal do Qualify e a pior corrida dele desde o gp do Bahrain, terminando em quinto e somando mais pontos, no qual colocaria ele em 3º lugar empatado com Hamilton.
Gp da França, uma pista em que os brasileiros não se dão bem, uma única vitória com Piquet.
No qualify Massa marca o segundo tempo e esta mais pesado que Räikkönen, e aproveitando Räikkönen disparou na liderança, seria uma vitória fácil de Räikkönen, mas a sorte não estava do lado dele, após o primeiro pit, Räikkönen teve o seu escapamento quebrado e começou a perder desempenho e Massa foi tirando de 0,9 a 1 segundo por volta e após 6 voltas assumiu a primeira colocação a onde se manteu até o final da corrida.
Finalmente chegou a vez de Massa liderar e quebrar um jejum do Brasil que estava desde 1993, quando Senna liderou pela ultima vez um mundial de formula 1.

Resta agora saber se ele conseguira usar a cabeça e manter esse posição até o final da temporada, ou irá se precipitar e fazer igual o Hamilton ano passado.

Um comentário:

Sprint disse...

Ficou muito bom o resumo!

Gostei também do countdown da ForceIndia.